Escola da Vida Contabil
Sistemas

A Importância do TI nas empresas

Autor: Natã Cavalcante | https://techpartnersbr.com/

“A quarta revolução industrial não é definida por um conjunto de tecnologias emergentes em si mesmas, mas a transição em direção a novos sistemas que foram construídos sobre a infraestrutura da revolução digital”, descreve Klaus Schwab (diretor e fundador do Fórum Econômico Mundial), em seu livro A Quarta Revolução Industrial.

E, a revolução digital, é pautada pela tecnologia, abrangendo os campos físico e digital que utilizam sistemas e recursos com o objetivo de otimizar a rotina dos escritórios e das equipes, aumentando a produtividade, otimização dos processos e satisfação dos usuários. Essa presença digital pode ser exemplificada por: atendimentos realizados por robôs em chats; softwares; equipamentos automatizados; ferramentas online para gestão de projetos; entre outros.

Atualmente, a tecnologia da informação nos escritórios, sejam eles quais segmentos forem, é o ponto chave de qualquer empresa, onde muitas delas sequer funcionariam em caso de paradas dos seus sistemas. Essa importância que a tecnologia ganhou na última década é permeada pela segurança de informações, onde a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais), que vigorará a partir de agosto de 2020, será um tema de destaque para as empresas que trabalham com dados de clientes. A segurança da informação é capaz de proteger a empresa de ataques digitais, problemas tecnológicos ou falhas humanas e é constituída pela confidencialidade; integridade; disponibilidade e autenticidade.

“Dados são poder,
principalmente no ambiente empresarial onde são utilizados de forma estratégica para o funcionamento e organização da instituição.”

Por exemplo, se, por falhas tecnológicas, um servidor é comprometido e invadido, ocasionando uma perca/roubo de dados da companhia, dentre eles dados de clientes, a empresa deve reportar o vazamento para os seus clientes e, ao mesmo tempo, também estará passível desde uma advertência até severas multas. Ademais, toda empresa possui informações estratégicas em sua rotina e funcionamento que precisam de resguardo, atenção e segurança.

Está comprovado que empresas que alinham suas regras de negócio a tecnologia sempre estão à frente de seus concorrentes e a maioria de seus clientes seguem satisfeitos e fidelizados. Em algum momento você já pensou que alugaria um carro por um curto espaço de tempo? E que entraria no carro de um “estranho” para que ele faça este trajeto para você? Pois então, a Uber veio para quebrar este paradigma cultural do Brasil, onde até idosos com mais de sessenta anos estão com seus smartphones solicitando suas corridas do sofá de suas casas para médicos e casas de parentes.

O mais interessante disto é que a Uber tem sua infraestrutura de TI 100% cloud, onde é possível realizar o escalonamento, manter um ambiente livre de falhas com alta disponibilidade a um custo que se comparado a uma estrutura própria com servidores, geradores e etc, não chegaria nem tão perto do que é gasto hoje. Outra empresa que segue este modelo também é a Netflix, que depois de sete anos migrando sua infraestrutura para a nuvem, após a conclusão desta importante tarefa, observou o número de assinantes aumentando oito vezes. Se alinhar a sua empresa a uma tecnologia escalável, livre de falhas e segura não é algo que possa te trazer benefícios concretos eu não sei como essas empresas conseguiram fazer isto.

Logo, novas formas de consumo, maneiras particulares de se relacionar com produtos e, por consequência, com as outras pessoas estão surgindo. A Internet das coisas (IoT), inteligência artificial e robótica são algumas das áreas em que é fácil identificar mudanças práticas para a vida das pessoas. A automatização está chegando às casas, ao relacionamento com empresas e aos dispositivos móveis, importantes na revolução digital que, frequentemente, tornam-se mais inteligentes e automatizam as tarefas cotidianas. A presença da Tecnologia da Informação nas organizações torna-se imprescindível a partir do avanço natural da revolução digital com o objetivo de existir segurança, praticidade, produtividade e normatizações.

Autor: Natã Cavalcante | https://techpartnersbr.com/
Postado por: https://escoladavidacontabil.com.br/

Leia Também

EFD-Reinf o que é e o que deve ser informado

EVC

PARA QUE SERVE O BALANCETE DE VERIFICAÇÃO? ENTENDA TUDO SOBRE ESSE RELATÓRIO!

EVC

A Tecnologia substitui o Contador?

EVC