Escola da Vida Contabil
Empreendedorismo Contábil

Abrir um escritório de contabilidade vale a pena?

via Domínio Sistemas

A tecnologia vem transformando o modo como as pessoas se relacionam entre si, mas não apenas isso. As profissões também vem sendo impactadas com o seu avanço. Há quem acredite, inclusive, que a consultoria contábil e a contabilidade gerencial, por exemplo, deixarão de ser atribuições do contador. Essa é a previsão da pesquisa assinada pela Ernest Young: até 2025 o “contador “não existirá mais.

Além disso, abrir um escritório de contabilidade é um projeto que tem seus riscos. De acordo com relatório do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), de cada 4 empresas abertas, 1 fecha antes de completar 2 anos de existência no mercado. O número é preocupante e se justifica, especialmente, pela crise política e extrema burocratização para iniciar e manter um negócio em atividade.

Segundo dados do Instituto Update, divulgados em pesquisa em junho de 2018, o Brasil enfrenta a maior crise política dos últimos 30 anos. Em paralelo, as dificuldades econômicas também se arrastam e a retomada do crescimento ainda é lenta.

A essa altura você deve estar pensando: definitivamente, esse não é o melhor momento para empreender. Pelo contrário, apesar das circunstâncias parecerem pouco favoráveis, o momento é de oportunidade.

Ao contador, cabe o desafio de se reinventar. Por isso, um dos melhores caminhos é apostar no próprio negócio. Se antes esse profissional era apenas um “guarda livros”, com a missão de fazer diversos cálculos e acompanhar a situação financeira da empresa, hoje ele pode ir muito além.

Para acompanhar a transformação digital é preciso incorporar tecnologia na contabilidade e visualizar novas possibilidades.

Que tal oferecer os seus serviços on-line? Ou, ainda, prestar consultoria contábil para empresas de um nicho específico, se tornando referência naquela área? Outra alternativa: oferecer conteúdo técnico sobre Sped e escrituração como produto para empresários. Pense longe: a internet não tem fronteiras.

Quer saber como dar os primeiros passos na sua jornada como empreendedor? Leia o artigo completo.

1. O medo das transformações pode cegar

As mudanças estão acontecendo em um ritmo veloz e é preciso acompanhar essas movimentações. Não dá para esperar as coisas acontecerem e se consolidarem para só depois buscar entender as novidades e o que mudou, na prática. Da mesma maneira, você também não precisa temer o que está por vir.

O comportamento mais adequado é se manter atento, acompanhando as tendências e transformações, e, sempre que possível, participando delas. Assim como é necessário se atualizar em relação legislação e às obrigações fiscais, é preciso também buscar ferramentas e técnicas inovadoras para oferecer mais ao cliente.

Já pensou, por exemplo, que hoje você pode guardar os dados e documentos fiscais na nuvem, dispensando qualquer forma de armazenamento físico? Ou, ainda, que a automatização de alguns processos promete simplificar muito a rotina do escritório, otimizando os seus recursos, e tornando-o muito mais produtivo e estratégico?

As mudanças estão acontecendo em um ritmo acelerado, mas também trazendo uma série de alternativas e funcionalidades antes inimagináveis. Não tenha medo e mantenha-se aberto para o novo.

2. Sabe o que você aprendeu? Imagine diferente com referências atuais

Não importa quando você conheceu as rotinas fiscais e aprendeu a gerenciar o fluxo e os processos da área. O fato é que eles não mudaram da água para o vinho. A essência da escrituração, por exemplo, é a mesma. A diferença é que agora ela é feita com o SPED, ou seja, em uma plataforma digital que armazena e valida os livros e documentos contábeis e fiscais emitidos de forma eletrônica.

Esse exemplo deixa claro que a tecnologia na contabilidade não trouxe novos alicerces ou pilares norteadores, reinventando a prática da atividade. Pelo contrário, a transformação digital vem fornecendo ferramentas e técnicas que oferecem suporte para as atividades do contador, otimizando sua rotina.

Dessa forma, libera o profissional de tarefas meramente operacionais para que ele assuma papéis mais importantes concentrando-se em uma atuação muito mais focada nos objetivos e estratégica.

3. Estude o mercado

Sem planejamento, você pode comprometer o seu sucesso antes mesmo de começar. Pode parecer exagero, mas essa máxima se aplica tanto ao desenvolvimento de carreira como também de um empreendimento.  Daí, a importância de investir em um estudo de mercado e fazer um plano de negócios detalhado, que seja capaz de orientá-lo em sua jornada como empresário.

Com o estudo de mercado você pode:

  • Analisar a demanda, ou seja, o número de consumidores e suas necessidades;
  • Caracterizar o produto ou serviço a ser ofertado;
  • Analisar as condições de comercialização;
  • Fazer uma estimativa do faturamento/receita do empreendimento ao longo de sua vida útil.

Sabe aquele medo das transformações que já foi mencionado? Ele desaparece quando você investe em planejamento e está convicto do plano que irá executar. Acima de tudo, com o estudo de mercado e o planejamento feitos, acredite em você e no projeto que tem em mãos.

4. Ouse pensar fora da caixa

De acordo com o Conselho Federal de Contabilidade (CFC), em 1996, apenas 1,98% dos contadores estavam interessados em contribuir para o crescimento dos seus clientes. Já em 2016, segundo o Sebrae, esse número já ultrapassava os 70%.

Isso quer dizer que os contadores se sentem muito mais aptos a participar da construção e da execução da estratégia dos clientes, com serviços como consultoria contábil contabilidade gerencial. Mas essas são apenas algumas das possibilidades que estão ao seu alcance.

Esse é o momento de ir além, ser criativo e buscar inovar na oferta de serviços e na rotina de atividades também. Ao abrir um escritório de contabilidade, pense em quais conceitos, técnicas, metodologias e soluções tecnológicas podem ser incorporadas ao seu negócio. Um software contábil, por exemplo, traz uma série de facilidades para você, sua equipe e seus clientes. 

A inovação beneficia todos os envolvidos nos processos e impacta nos resultados do escritório, melhorando a performance.

5. Sinta-se seguro para arriscar

Depois de seguir os passos já elencados, você estará muito mais confiante. Afinal, além de conhecer o mercado e o seu projeto, terá incorporado novas soluções e boas práticas. Mais do que isso, já estará visualizando as transformações e as oportunidades a partir de uma perspectiva muito mais positiva.

Abrir um escritório de contabilidade é, sim, um ótimo negócio. Porém, é essencial que você se mantenha sempre à frente do seu projeto, inovando e buscando estratégias muito mais coerentes com esse novo tempo e, claro, mais assertivas.

Na verdade, empreender e ser dono do próprio negócio é o risco mais indicado para você correr. Acredite nisso, prepare-se e siga em frente!

Quer entender como um ERP contábil pode ajudar você na gestão do escritório, auxiliando na conquista de resultados? Conheça os benefícios do sistema Contábil Start em um artigo sobre o tema.

Fonte: Domínio Sistemas | www.dominiosistemas.com.br
Postado por: Escola da Vida Contábil | www.escoladavidacontabil.com.br

Leia Também

Diferencie o seu escritório contábil!

EVC

Contador iniciante? Leia essa matéria e aprenda a se destacar no mercado!

admin

Saiba como fazer seu escritório de contabilidade se destacar da concorrência

admin